Plataforma interativa ajuda pacientes a enfrentarem problemas cardíacos

 

E se pudéssemos ajudar pacientes que sofrem de problemas cardiovasculares através de outros pacientes que já passaram pela mesma experiência? E quando o “eu sei o que você está passando” se torna uma ferramenta de colaboração, cumplicidade e apoio para seguir no tratamento?

Com esse objetivo, a Servier do Brasil lança o portal Histórias do Coração, um canal de encontro onde as pessoas poderão partilhar suas experiências de vida, receios, conquistas e motivações para lidar melhor com as doenças cardiovasculares.

E como o portal Histórias do Coração funciona? Médicos cardiologistas de todas as regiões do Brasil indicarão pessoas que já sofreram um infarto agudo do miocárdio ou que apresentam crises de angina e insuficiência cardíaca. Cada uma delas vai disponibilizar relatos em vídeo nessa rede de solidariedade, que será espalhada também nas mídias sociais (Facebook, Instagram e Youtube) com o nome do projeto.

Sem pretender substituir o acompanhamento cardiológico, o portal abordará os fatores de risco das principais doenças cardíacas pela ótica do paciente, estimulando uma melhor convivência com ela. “A relação médico-paciente, por vezes, apresenta uma comunicação mais científica e formal. A proposta do portal “Histórias do Coração” é trazer uma visão das doenças cardiovasculares a partir da experiência dos pacientes, daquela pessoa que ficou doente. Esperamos que esse modelo de comunicação possa gerar mais consciência individual e incentivar uma melhor qualidade de vida. Isso ganha ainda mais importância quando os dados mostram que mais de 300 mil brasileiros morrem de doenças cardiovasculares por ano”, explica Dr. Abraham Epelman, cardiologista e Diretor Médico da Servier do Brasil.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia disponibiliza um ‘medidor’ do número de mortes por doenças cardiovasculares no Brasil, uma ferramenta chamada Cardiômetro. E, de acordo com ela, esse número ficou em 383.961 no ano de 2017. Apenas neste primeiro mês de 2019, o Cardiômetro já aponta mais de 30 mil mortes. Em 2018, os números do Data SUS registraram 253.048 internações por insuficiência cardíaca (entre janeiro e novembro) e 67.640 por infarto agudo do miocárdio, no mesmo período.

O fato é que os números e estatísticas mostram que as doenças cardiovasculares são um grave problema de saúde pública, com elevadas taxas de mortalidade, de hospitalizações e de reintegrações. Por isso que o portal “Histórias do Coração” pretende fazer um alerta à população sobre o tema, através do esclarecimento e da troca de experiências.

Site: www.historiasdocoracao.com.br
Facebook https://www.facebook.com/historiasdocoracaooficial
Instagram @historiasdocoracaooficial
Youtube https://www.youtube.com/channel/UChbsV8xHG5GcKXpA6mKiobw/featured